Name: Leandro Nossa Guanandy
Type: MSc dissertation
Publication date: 20/09/2019
Advisor:

Name Rolesort descending
Victor Israel Gentilli Advisor *

Examining board:

Name Rolesort descending
Victor Israel Gentilli Advisor *
Pedro Silva Marra External Examiner *
Ruth de Cássia dos Reis Internal Examiner *

Summary: No Espírito Santo, a maioria dos capixabas não torce por clubes locais. Historicamente, os clubes que tiveram mais conquistas no cenário estadual angariam o maior número de torcedores locais, entre eles, a Desportiva Ferroviária. Este trabalho objetiva estudar como se constrói o pertencimento a uma comunidade por meio do torcer pela Desportiva Ferroviária no Espírito Santo. Por meio de pesquisa qualitativa, foram aplicados questionários semi-estruturados a dez torcedores do clube. Os depoimentos coletados são analisados de modo a avaliar: (i) as motivações para se tornar torcedor da Desportiva Ferroviária; (ii) o significado de ser torcedor da Desportiva Ferroviária; (iii) a relação de pertencimento dos torcedores com relação ao clube e à comunidade local e (iv) as principais fontes de informação usadas pelos torcedores para buscar conteúdo do clube . Além dos questionários, os registros coletados pelo autor nas arquibancadas capixabas foram utilizados, sob a ótica do observador participante.
Os resultados evidenciam que as principais motivações para a escolha da Desportiva Ferroviária envolvem a conexão com o Espírito Santo e identificação com o clube, além do sucesso do time no passado e sua história. Destaca-se aqui que, para a escolha, há grande relevância do território e da identidade. Quanto ao significado de ser torcedor da Desportiva Ferroviária, ou ser “grená”, destaca-se que os torcedores relacionam a torcida ao fato de serem capixabas, reforçando o papel da territorialidade, além de uma forma de resistência. Além disso, uma particularidade da torcida em contraponto à torcida de grandes clubes nacionais, é a identificação por parte dos próprios torcedores do papel de colaborador do clube, além de espectador. Os resultados reforçam a relação de pertencimento dos torcedores com relação ao clube e à comunidade, uma vez que se reconhecem como formadores de uma comunidade. Por fim, os resultados reforçam o papel das redes sociais e grupos de WhatsApp como principal fonte de informações sobre o clube devido, principalmente, à baixa adesão dos veículos de imprensa tradicionais à cobertura do futebol local.
Palavras-chave: futebol, pertencimento, identidade, Espírito Santo, Desportiva

Access to document

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910