Summary: As pesquisas acerca dos objetos da comunicação afloram no compasso do desenvolvimento dos produtos, práticas e processos comunicacionais de uma dada sociedade. Uma dessas práticas, a comunicação dirigida às crianças, tem sido alvo de debate de vários atores, que ocupam lugares e interesses divergentes (PIROLA, 2006; 2015), e que faz emergir discursos contra e a favor da publicidade infantil. Pais, escola e ongs militam contra a publicidade infantil dirigida às crianças, considerando-a abusiva, já que, até os 12 anos, a criança ainda está em processo de formação, logo, vulnerável às sofisticadas técnicas de persuasão (ALANA, 2017). Por outro lado, anunciantes e empresas de mídia mostram-se a favor dessas práticas, chegando a considerar as falas contrárias como uma espécie de censura de suas atividades. (ALANA, 2017). No centro do embate estão as crianças, vorazes consumidoras de mídia, num cenário em que, cada vez mais, as fronteiras outrora bem demarcadas entre conteúdo midiático e break comercial já não se sustentam, frente às possibilidades de produção e recepção de conteúdos proporcionadas pelas tecnologias digitais e interativas. Situações que, segundo Covaleski, tornam a publicidade cada vez mais híbrida (COVALESKI, 2015). Assim, é possível observar, no contexto atual, algumas faces das novas configurações da publicidade infantil, dentre elas: a mudança nos negócios das empresas de mídia que passam a migrar os conteúdos infantis para canais fechados específicos para o público infantil, a exemplo do canal Gloob, da Rede Globo; o fomento de licenciamento de personagens de desenho animado no mercado de roupas, alimentos e materiais escolares; a investida de algumas marcas infantis que começam a produzir conteúdos midiáticos próprios; as narrativas transmídia que se proliferam nas diversas plataformas comunicacionais; o fenômeno dos/das youtubers mirins; o eatertainment, que alia o ato de comer ao de brincar; as ações de marcas no ambiente escolar; dentre outras.

Starting date: 2018-04-02
Deadline (months): 36

Participants:

Rolesort descending Name
Coordinator * José Edgard Rebouças
Coordinator * Flavia Mayer dos Santos Souza
Coordinator * Maria Nazareth Bis Pirola
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910