Summary: Para o pensamento grego, a téchne é uma forma de produção ligada a um saber-fazer desde o qual tudo se articula numa determinada orientação. Nessa perspectiva, técnica é poiésis, cujo modo de condução deve obedecer à natureza para levar algo à vigência. Com a técnica moderna, ou tecnologia, surgiu a crença de que esse modo de articulação deve ser determinado não por meio de uma escuta e obediência ao que se realiza, mas pode – e deve – ser definido pela vontade do homem. O objetivo deste projeto de pesquisa é investigar essa “nova” forma de desencobrimento na qual o homem quer produzir, isto é, fazer vir a ser a realidade, sem precisar se ajustar às necessidades do que se realiza, mas apenas de acordo com seu arbítrio. Queremos compreender a gênese (origem) e o encaminhamento (destino) desse projeto, o que significa investigar também quais são as suas consequências para a determinação daquilo que é o homem e daquilo que é o mundo em que vivemos desde essa “nova” articulação. Como hipótese, indicamos que, em essência, o objetivo desse modo de desencobrimento é controlar, prever e dominar toda e qualquer experiência, antes mesmo de sua realização. Desde tecnologia, o homem provocaria e desafiaria a realidade o tempo inteiro e é a natureza quem se ajustaria as suas vontades e não o contrário.

Starting date: 2015-11-30
Deadline (months): 24

Participants:

Role Namesort ascending
Coordinator * Rafael da Silva Paes Henriques
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910