Summary: : A partir dos anos 80, com a redemocratização do Brasil, a Comunicação ampliou sua presença nos governos, em seus diferentes níveis federativos, firmando-se como instrumento imprescindível para a construção das novas bases que passaram a nortear o Estado brasileiro, em especial após a Constituinte de 1988, que consagrou a democracia e afirmou o princípio da publicidade e do direito à informação. Depois da virada tecnológica dos anos de 1990, a primeira década deste século encontrou o país em meio à busca de formas de ampliar a participação popular, promover a inclusão social e o desenvolvimento econômico. O aparato constitucional e o ambiente político que predominam desde então levaram à criação e à consolidação de equipes e setores de governo especializados em organizar políticas, projetos e ações de Comunicação no âmbito do Estado e a adotar instrumentos, estratégias e procedimentos que permitam alcançar o desejo de uma sociedade democrática e que hoje é desafiada também a compreender a comunicação no marco dos direitos humanos. Esta pesquisa visa discutir conceitos teóricos que subjazem nessa dimensão da experiência de comunicação, além de identificar, mapear e analisar os procedimentos e o papel da comunicação na construção da cidadania e do poder político

Starting date: 2011-03-01
Deadline (months): 18

Participants:

Rolesort ascending Name
Coordinator * Ruth de Cássia dos Reis
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910